Últimas Notícias:

Grupo SATA apresenta melhorias na sua taxa de ocupação média e na receita das suas ligações aéreas


 

O Grupo SATA indicou em comunicado que a sua taxa de ocupação média e  receita das suas ligações aéreas apresentaram melhorias.

Os índices de ocupação média, para viagens entre janeiro a outubro de 2019, apresentam melhorias em relação ao período homólogo de 2018.

A melhoria das estimativas da procura e consequente otimização da oferta, estão na origem dos ganhos de eficiência registados.

Entre os meses de janeiro a outubro 2019, o índice de ocupação médio registado (viagens e vendas já realizadas e reservas futuras) no computo geral da operação aérea do Grupo SATA, representa uma subida de + 3 p.p. na taxa de ocupação nas ligações liberalizadas entre o Continente e os Açores; de + 3 p.p. nas rotas ao abrigo das Obrigações de Serviço Público; de + 8 p.p. nas rotas EUA – Portugal e de + 9 p.p. nas rotas Canadá – Portugal. De igual forma, os resultados obtidos ao nível da receita vendida global, denotam uma melhoria nos resultados na ordem dos 16% na operação da SATA Air Açores e da Azores Airlines.

Segundo a companhia esta evolução positiva é em parte atribuída ao conjunto de medidas adotadas no final do ano de 2018, designadamente à implementação de uma aplicação de base tecnológica, que veio permitir melhorar as estimativas da procura e, consequente, otimização da oferta. A adoção deste sistema permite receber informação objetiva acerca da necessidade de efetuar cancelamentos ou a oportunidade de realização de voos extraordinários (mediante a disponibilidade de recursos) face à estimativa de procura e receita.

Em suma, a adoção deste sistema permite receber informação objetiva acerca da necessidade de reforço da oferta de lugares permitindo fazer face, de forma mais ágil, ao aumento de procura. Por outro lado, permite um controle mais efetivo evitando o desperdício de recursos. O equilíbrio é alcançado considerando os meios técnicos e humanos disponíveis, ajustados à realidade da operação aérea e à dimensão das transportadoras.

Considerando os resultados obtidos até ao momento, o cenário dos próximos meses apresenta-se animador no que respeita à taxa de ocupação média dos voos e consequente aumento da receita.