Últimas Notícias:

Azul Viagens terá 100 voos dedicados por semana para destinos de férias na alta temporada


 

Artigo escrito em português do Brasil:

Operadora de turismo da Azul terá mais de 120 mil assentos que serão ofertados nas rotas mais procuradas do Brasil durante o verão

Junto à adoção de diversos protocolos sanitários pela cadeia do turismo e a retomada gradual da economia, a Azul Viagens, operadora de turismo da Azul, ofertará 100 voos dedicados por semana ao longo de toda a alta temporada de verão, com condições exclusivas para seus parceiros e Clientes. Serão mais de 120 mil assentos comercializados entre dezembro deste ano e fevereiro de 2021 em voos operados pelas aeronaves modelo Airbus A320neo, com capacidade para 174 Clientes, e os jatos da Embraer, que contam com até 136 assentos.

Os voos exclusivos da Azul Viagens terão partidas de Campinas, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Guarulhos e Bauru, em São Paulo, além de Uberlândia e Belo Horizonte, em Minas Gerais, Cuiabá, Curitiba, Goiânia, Porto Alegre e Foz do Iguaçu. Já os destinos turísticos oferecidos serão Porto Seguro, Salvador, Maceió, Natal, Porto de Galinhas, João Pessoa, Fortaleza, Navegantes, Caldas Novas, Foz do Iguaçu, Serra Gaúcha, Ilhéus e Bonito.

“Essa é uma tradição da Azul Viagens que, em parceria com hoteleiros e receptivos, busca oferecer mais comodidade e conveniência a seus Clientes no período do verão. Temos como foco atender cidades menores, como as do interior de São Paulo, com voos diretos e dedicados para o Nordeste do país. Com esse movimento, nossa operadora de turismo reforça a importância do Cliente dessas cidades para nosso negócio e, ao mesmo tempo, estimula a demanda nessas regiões com o aumento da oferta de operações e destinos de lazer”, destaca Daniel Bicudo, diretor da Azul Viagens.

Para garantir as condições especiais do aéreo é necessário que a reserva seja feita incluindo a hospedagem, para caracterizar o pacote de viagens. Em outubro, a operadora de turismo da Azul atingiu 75% do patamar de vendas em relação ao mesmo período do ano passado e a expectativa da empresa é de que até o fim do ano retome a receita alcance os mesmos percentuais de 2019.