Últimas Notícias:

A330neo da Air Senegal é atingido por contentor e HiFly opera voo com a segunda aeronave


A Air Senegal informou que o seu A330neo 6V-ANB, que iria operar o voo HC403 entre Paris e Dakar, foi atingindo por um contentor durante as operações no aeroporto Paris Aéroport-Charles de Gaulle (CDG).

A companhia informou em comunicado que a aeronave está a ser inspeccionada pelos serviços de manutenção.

Para a realização do voo foi enviado, de Beja para Paris, o segundo A330-900 9H-SZN.

A Air Senegal recebeu o seu primeiro A330neo em fevereiro de 2019 (9H-SZN) e a segunda unidade no final do mesmo ano.

De recordar que os dois A330-900 com as cores da Air Senegal são operados pela Hifly.

A Air Senegal foi a primeira companhia aérea africana a receber e operar o mais novo membro da família de fuselagem larga da Airbus.

O A330neo está equipado com uma cabine de três classes, compreendendo 32 assentos de Classe Executiva, 21 Premium Plus e 237 Classe Económica.

O A330neo é um verdadeiro avião de nova geração baseado no sucesso do A330 e inspirado na tecnologia A350 XWB. O modelo incorpora motores Rolls-Royce Trent 7000 de nova geração altamente eficientes e uma nova asa 3D optimizada de maior alcance com novos Sharklets. Juntos, estes avanços trazem uma redução significativa no consumo de combustível de 25% em comparação com aeronaves concorrentes de geração anterior de tamanho similar.