Últimas Notícias:

PJ fez hoje buscas nas instalações do Grupo SATA


 

De acordo com a agência Lusa, inspetores da Polícia Judiciária (PJ) estiveram na manhã de hoje nas instalações do Grupo SATA a fazer buscas, revelou uma fonte da empresa com sede em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, nos Açores.

“Confirma-se que decorreram buscas esta manhã nas instalações da SATA”, disse a fonte sem, no entanto, adiantar o motivo dessa operação da PJ.

Outra fonte ligada ao processo adiantou à Lusa que foram solicitados “documentos desde 2012”.

De acordo com a Antena 1 Açores, a investigação poderá estar relacionada com processos de aquisição de aeronaves, apurou a Antena 1 Açores. Em causa, estará o Cachalote, o Airbus A330 que gerou à SATA um prejuízo de cerca de 40 milhões de euros.

Os motivos que presidiram à escolha deste tipo de aeronave, quando a SATA era presidida por Luís Parreirão, foram questionados pelo Tribunal de Contas. O processo avançou para o Ministério Público e está agora a ser investigado pelo DIAP de Lisboa