Últimas Notícias:

ATR vai lançar o ATR 42-600S (50 lugares)


O CEO da ATR, Stefano Bortoli, anunciou oficialmente que em breve a empresa vai receber um novo membro na sua família de aeronaves. O Conselho de Administração da ATR aprovou o lançamento do ATR 42-600S.

O novo ATR 42-600S terá a adição da letra ‘S’ representando STOL (Short Take-off and Landing – descolagem e aterragens curtas).

Esta nova versão do ATR 42-600 vai oferecer recursos de descolagem e aterragens em pistas até 800 metros com 40 passageiros a bordo em condições de voo padrão. O ATR 42-600S será a aeronave com melhor desempenho nesse segmento, que já é dominado pela própria fabricante francesa enquanto as demais fabricantes seguem praticamente estáticas no desenvolvimento de aeronaves competitivas.

Até o momento, a ATR registou 20 compromissos de companhias e lessors para a nova variante ATR 42-600S.

A Air Tahiti será a companhia de lançamento, conforme foi anunciado no Paris Air Show 2019.

O novo membro da família junta-se com aos modelos ATR 42-600 e ATR 72-600 e à futura variante de carga ATR 72-600F. A certificação ATR 42-600S está prevista para a segunda metade de 2022, com a primeira entrega prevista imediatamente após a sua certificação.

O CEO da ATR, Stefano Bortoli, indicou que a nova variante abre o caminho para o futuro da empresa, pois existe um enorme potencial para aeronaves de 50 lugares, e o ATR 42-600S pode ajudar as companhias aéreas a ampliar os seus horizontes, uma vez que esta nova variante pode chegar a cerca de 500 novos aeroportos em todo o mundo.

Entre as principais modificações do 42-600S, encontra-se a introdução de um leme maior, que permite maior controle da aeronave em velocidades mais baixas.

A nova versão vai continuar a utilizar o mesmo motor que os ATR 42 e 72, porém o ATR 42-600S permitirá que os pilotos possam selecionar entre as classificações de motor do ATR 42 e 72. Isto significa que a aeronave pode usar maior potência para executar operações STOL ou optar por operar com menos potência e mais eficiência em pistas mais longas.

O ATR 42-600S também poderá utilizar simetricamente os seus spoilers para melhorar a eficiência da travagem na aterragem, além de possuir um sistema de travão automático que garante que a potência total de travagem ocorra imediatamente após a aterragem.

Com esta nova versão, a ATR prevê expandir o mercado em questão em 25%, visando novas rotas e o segmento STOL de 30 lugares. Há um forte interesse das companhias aéreas por um novo produto de 50 lugares capaz de operar em condições mais restritivas.

Cerca de 500 aeroportos têm uma pista compreendida entre 800 e 1.000m e poderiam receber o ATR 42-600S. O lançamento desta aeronave vai beneficiar passageiros e companhias aéreas graças ao aumento da conectividade regional que este modelo irá permitir.