Últimas Notícias:

Operação da Azores Airlines está a ser afectada por bird strike no CS-TKP


 

Um avião da Azores Airlines que realizou o voo de domingo, 11 de Agosto, entre Lisboa e as Lajes, na ilha Terceira colidiu com aves durante a aterragem.

O bird strike ocorreu com o A320 CS-TKP, tendo obrigado a aeronave a ficar imobilizada naquele aeroporto.

Com menos uma aeronave em operação alguns voos estão a ser afectados como é o caso da ligação entre Lisboa – Pico e Lisboa.
De acordo com o porta-voz do Grupo SATA, António Portugal, a imobilização do A320 afectou ontem 320 passageiros e hoje 125.

“Houve uma colisão com pássaros de um voo que vinha de Lisboa para a Terceira durante a aterragem. Terá sido por volta das 18:00 de domingo”, explicou António Portugal. É a segunda vez que este ano que um avião da SATA colide com aves, o chamado “bird strike”.

“A aeronave está desde ontem a ser observada pelos serviços de manutenção para avaliar a gravidade dos danos”, explicou o porta-voz da companhia açoreana. Não obstante, António Portugal assegura que todos os passageiros que iriam ser transportados no avião que está imobilizado chegarão ao seu destino ainda esta segunda-feira.

Não é para já previsível a dimensão dos danos da aeronave ou quanto tempo ela irá ficar paralisada. “Vai depender da avaliação que os técnicos que estão no terreno fizerem”.

António Portugal lembrou que a colisão com aves é um problema que afecta a sector da aviação a nível mundial.