Últimas Notícias:

Azul vai reduzir operação em 90% até 30 de abril


 

A Azul anunciou, em comunicado, uma redução da sua operação em cerca de 90% até 30 de abril.

A companhia indica que entre 25 de março e 30 de abril de 2020, espera operar 70 voos directos por dia, para 25 cidades. Estes valores representam uma redução de 90% da capacidade total em relação ao que estava planeado.

A redução da oferta resultada das “medidas de contenção e quarentena” implementadas e que estão a limitar “significativamente a mobilidade de nossos clientes, tripulantes e parceiros, o que torna inviável a operação de várias rotas”.

A Azul anunciou também que está a reduzir “os custos e despesas com folha de pagamento em aproximadamente 65% em abril” e número de tripulantes que aderiram ao programa de licença sem vencimento já supera 7.500 solicitações, o que corresponde a mais de metade do total da força de trabalho da empresa.

De acordo com o comunicado da companhia os salários dos membros do comité executivo foram reduzidos em 50%, enquanto os gerentes tiveram uma redução de 25%.

Segundo o CEO da companhia, John Rodgerson, afirma que a empresa está a adoptar “medidas imediatas para reduzir nossos custos, e preservar nossa posição de caixa”.