Últimas Notícias:

Avianca Brasil deixa Star Alliance a 1 de setembro.


 

Avianca Brasil vai deixar a Star Alliance a partir do dia 1 de setembro, segundo o comunicado da aliança de companhias aérea.

“A companhia de aviação brasileira Ocean Air Linhas Aéreas S/A, sediada em São Paulo e anteriormente a operar como Avianca Brasil vai deixar formalmente a Star Alliance com efeito a partir de 1 de Setembro de 2019”.

A saída da Ocean Air da aliança decorre na sequência de vários meses de protecção de falência e da retirada do certificado de operador aéreo dado pelo regulador brasileiro ANAC.

“A rede da Star Alliance mantém uma presença significativa e duradoura no mercado brasileiro de forma contínua desde a sua fundação em 1997”, salienta a nota de imprensa.

O CEO da aliança, Jeffrey Goh, destaca as contribuições importantes para a proposta da rede aos clientes do mercado brasileiro proporcionadas pela Avianca Brasil, membro desde 2015, e lamenta este “desenvolvimento infeliz”. Nas mesmas declarações Goh indica que “a saída da Avianca Brasil de maneira alguma afecta a associação da Avianca S.A., nossa valiosa integrante sediada em Bogotá, na Colômbia, que continua a contribuir significativamente para a aliança na América do Sul”.

A partir do dia 1 de Setembro, a Star Alliance será composta por 27 companhias aéreas.. No mesmo comunicado a aliança indica que existem 11 membros da Star Alliance que oferecem voos directos de e para o Brasil; a Air Canada, Avianca, Air China, Copa Airlines, Ethiopian Airlines, Lufthansa, Swiss, South African Airways, TAP Air Portugal, Turkish Airlines e United.

As companhias aéreas operam 588 voos por semana de 11 aeroportos no Brasil para 17 hubs da Star Alliance, oferecendo conexões para outros 738 destinos internacionais.