Últimas Notícias:

Voo da PIA operado pela HiFly leva a bordo apenas 1 passageiro


 

No passado domingo, 3 de janeiro, o Airbus A330neo CS-TKY da HiFly a operar o voo da PIA – Pakistan Internacional Airlines entre Manchester, no Reino Unido, para Islamabad, no Paquistão, transportou apenas um passageiro.

De referir que,  em julho de 2020A a PIA  começou a promover o regresso dos seus voos para Europa, através de um contrato realizado com a HiFly.

A decisão foi tomada depois que as tarifas para voos do Reino Unido de companhias aéreas privadas sofreram um aumento sem precedentes, após a proibição das operações de voo da transportadora nacional após o fiasco das ‘licenças falsas’.

A 1 de julho, a EASA – Agência Europeia de Segurança Aérea emitiu uma proibição de seis meses para todos os voos da PIA para a Europa. O Reino Unido e os EUA seguiram o exemplo, proibindo todos os voos da PIA. Muitas companhias aéreas internacionais em todo o mundo suspenderem os seus pilotos paquistaneses.

A proibição actual surge após um relatório de inquérito sobre o acidente do voo 8303 da PIA.

Em junho, o ministro da Aviação Ghulam Sarwar afirmou que 260 dos 860 pilotos paquistaneses, incluindo 141 da PIA, nunca compareceram aos exames e que as suas licenças eram falsas. A PIA operava vôos regulares para vários destinos no Reino Unido e na Europa antes da proibição

O passageiro foi convidado por cortesia a viajar em primeira classe.

Business Class:

Economy Class: