Últimas Notícias:

United encomenda 50 Airbus A321XLR


A United Airlines fez um pedido firme para 50 aeronaves Airbus A321XLR, uma vez que a companhia está a retirar da sua frota os modelos antigos e está a lançar uma expansão de rotas transatlânticas a partir dos seus principais centros nos EUA em Newark / Nova York e Washington DC.

Segundo o planeamento a United deverá receber o primeiro A321XLR em 2024 e espera começar o serviço internacional com a aeronave em 2025. “A nova aeronave Airbus A321XLR é um substituto ideal para as aeronaves mais antigas e menos eficientes que operam atualmente entre algumas das cidades mais importantes da nossa rede intercontinental”, disse Andrew Nocella, vice-presidente executivo e diretor comercial da United .

“Além de fortalecer a nossa capacidade de voar com mais eficiência, o A321XLR abre novos destinos com potencial para desenvolver ainda mais a nossa rede de rotas e oferecer aos clientes mais opções para viajar pelo mundo”.

“Estamos muito satisfeitos em nos reencontrar com os nossos amigos em Chicago e agradecer a eles pela sua confiança. A seleção do A321XLR pela liderança da United Airlines é um endosso de alcance, carga útil e eficiência de combustível que a Airbus incorporou nesta aeronave de última geração ”, disse Christian Scherer, diretor comercial da Airbus.

O A321XLR é o próximo passo evolutivo na família de aeronaves A320neo / A321neo, servindo os requisitos de mercado para maior alcance e carga útil numa aeronave de corredor único e criando mais valor para as companhias aéreas, permitindo um serviço economicamente viável em rotas mais longas do que qualquer aeronave comparável ao modelo.

O A321XLR permitirá o serviço da costa leste dos EUA para uma seleção muito maior de destinos europeus. O

O novo modelo terá um peso máximo de decolagem (MTOW) de 101 toneladas, enquanto o desempenho de descolagem, subida e voo mudará pouco em relação ao A321neo. O A321XLR será operado pela mesma tripulação, alimentado pelos mesmos motores e terá a mesma cabine do A321neo, com mais de 90% de semelhança.

A combinação dos dois tanques de combustível traseiros do A321neo em apenas um adiciona capacidade de combustível e reduz o peso estrutural.

Outras mudanças significativas incluem reforços estruturais e trens de aterragem modificados para o aumento de MTOW, maior capacidade de travagem, maior velocidade do pneu e configurações adicionais de flap e slat.