Últimas Notícias:

Tupolev Russo Cai No Mar Negro


loja1

Um avião Tupolev Tu-154, com o registo RA-85572, caiu esta manhã no Mar Negro, no sul da Rússia.

Fontes do Ministério da Defesa em Moscovo, confirmaram que seguiram a bordo 92 pessoas, sendo 84 passageiros e oito membros da tripulação.

O avião que desapareceu dos radares, poucos minutos depois de levantar voo, descolou às 05:40 (02:40 em Lisboa) de Adler, na zona balear de Sochi, na costa do Mar Negro, e iria realizar um voo de rotina para a base russa Hmeimim, na costa da cidade síria de Latakia, de acordo com o ministério.

O aparelho transportava militares e membros do Alexandrov Ensemble, o grupo musical oficial do exército, que se deslocavam à Síria para participar nas celebrações de Ano Novo na base.

Segundo o ministério estavam nove funcionários de órgãos de comunicação social a bordo.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse às agências de notícias russas, que o Presidente Vladimir Putin foi informado da situação e estava a ser mantido a par das operações de busca.

Os destroços do avião, foram avistados a cerca de um quilómetro e meio da costa litoral, encontrando-se a uma profundidade entre os 50 e os 70 metros.

primeiras-imagens

Reuters

Os serviços de resgate já encontraram diversos destroços e corpos no mar. O ministro da Defesa falou aos jornalistas, em Moscovo, e disse que não há sobreviventes entre os ocupantes do aparelho sinistrado.

Fontes aeroportuárias de Sotchi, que estão a ser citadas por canais televisivos russos, admitem que o avião, equipado com três motores, poderá ter caído após ter sugado um bando de aves.

O ministro da Defesa disse que estava aberto um inquérito para apuramento das causas do acidente e afastou para já quaisquer suspeitas de atentado. Por enquanto, apenas se admite que tenha ocorrido uma avaria técnica. As comunicações entre a torre de controlo aéreo e a tripulação do Tupolev foram cortadas poucos minutos após a descolagem.

O Tupolev Tu-154 que hoje sofreu o fatídico acidente pertencia à frota oficial do Ministério da Defesa!

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta