Últimas Notícias:

Thai pretende reativar a sua frota A340-600


 

Como é público, a Thai está a atravessar uma séria crise financeira e neste momento procura soluções para uma saída viável economicamente.

Neste sentido a companhia decidiu reintroduzir na sua frota os seus Airbus A340-600, que se encontravam estacionados no Aeroporto Internacional U-Tapao Rayong Pattaya, a sudeste de Bangkok, desde 2014, a aguardar por uma nova companhia.


Apesar de estarem fora de operação há cinco anos e com as contas de manutenção a acumular-se, a companhia acredita que a reintrodução dos A340-600 na frota irá gerar poupanças.

A ideia surgiu quando o plano da Thai Airways de comprar 38 novas aeronaves foi negado e depois de analisados os valores que representam a dívida da companhia em mais de 3,2 bilhões de dólares e perdas crescentes.

O vice-ministro dos Transportes, Thaworn Sennam, informou que a Thai vai instalar novos interiores nos A340-600, isto porque os interiores dos A340 são de 2005-2008, e neste momento é necessário um grande investimento para atualiza-los à semelhança dos A350 e 787s da companhia.


Os A340-600 serão colocados nas rotas de longo curso.

De salientar que a maioria das companhias aéreas estão a realizar o phase-out dos A340 das suas frotas e a Thai vai entrar em contra ciclo. Mais ainda que os quatro motores Rolls-Royce Trent 500, combinados com a aerodinâmica envelhecida da fuselagem resulta num maior consumo de combustível.