Últimas Notícias:

TAP vai voar para Maceió, Montreal e Ponta Delgada-Boston


 

A TAP Air Portugal anunciou hoje, 19 de novembro, a abertura de três novas rotas para o próximo ano, sendo elas: Maceió, Montreal e Ponta Delgada-Boston.

A TAP continua a apostar fortemente nas Américas e volta a expandir a sua rede de destinos transatlânticos, com o lançamento de três novas rotas: Maceió, no Brasil; Montreal, no Canadá; e Ponta Delgada-Boston, nos Estados Unidos, com início já no próximo ano.

As três novas ligações da Companhia reforçam a tendência de forte crescimento da atividade no mercado brasileiro e do Atlântico Norte.


A321LR permite expansão da operação no Brasil
Das rotas existentes para o mercado brasileiro, esta é a primeira vez em cinco anos que a Companhia portuguesa anuncia uma nova rota.


Maceió

A rota para Maceió terá três frequências semanais. As saídas de Lisboa são às 17:15 com chegada ao destino brasileiro às 21:15, às quartas, sextas e domingos.

O investimento em equipamentos mais modernos, eficientes e confortáveis, com destaque para a entrada dos novos aviões do modelo A321LR, permitem à TAP aumentar também as frequências para as cidades de Natal e de Belém, crescendo de três para cinco voos por semana para cada um dos destinos e explorar um novo mercado no Brasil.

O A321LR é mais eficiente ao nível do consumo de combustível. É um avião que permite à TAP operar para mercados não acessíveis a aeronaves wide body e com maior poupança nos custos de operação.

“Esta aeronave, o A321LR, a que costumo chamar Lisbon Range, é um verdadeiro game changer. A forma de viajar entre o Brasil e a Europa é agora mais moderna, eficiente e amiga do ambiente. Com a despedida dos aviões antigos, os voos de e para o Brasil passam a ser operados, em exclusivo, por aviões novos ou com interiores de cabina modernos, que permitem oferecer aos passageiros níveis elevados de conforto”, afirma Antonoaldo Neves, CEO da TAP.

Com o reforço da rede no Brasil no próximo ano, a TAP passa a operar neste mercado um total de 92 frequências semanais, mais 15 do que em 2015.

Apesar da crescente concorrência neste mercado, a TAP manteve a sua quota de mercado na ordem dos 26%, sendo a Companhia europeia a oferecer mais rotas e a disponibilizar mais lugares. Só em 2018, a TAP transportou 89% dos passageiros com voos diretos entre o Brasil e Portugal.

TAP cresce de três para 11 rotas no Atlântico Norte 
A inauguração das linhas de Lisboa-Montreal e de Ponta Delgada-Boston evidenciam a concretização de um dos caminhos estratégicos traçados desde o início do processo de transformação da TAP: a conquista do Atlântico Norte.

“Este é um momento histórico no percurso da Companhia. Com a inauguração destas novas rotas, a TAP passa assim de três rotas, em 2015, para 11, com destino à América do Norte, o mesmo número que o Brasil. Este é mais um passo importante no plano de diversificação e expansão da rede da Companhia, que reforça a sua exposição a novos e menos voláteis mercados”, afirma o CEO da Companhia.

A Companhia vai operar seis frequências semanais entre Lisboa e Montreal. Os voos partem da capital portuguesa todos os dias da semana, exceto às quartas, pelas 14:55 e chegam à cidade canadiana pelas 17:40. As reservas estão disponíveis para venda a partir do dia 25 de novembro, com início de operação no próximo ano.

No total, a TAP vai operar no próximo ano 82 frequências semanais no mercado norte-americano, o que representa um aumento significativo da oferta em comparação com 2015, ano em que a Companhia operava apenas 16 frequências semanais. Em Portugal, a Companhia também vai aumentar o número de ligações entre Lisboa e Ponta Delgada, passando de quatro para cinco diárias.

Ponta Delgada-Boston é uma das rotas estratégicas que vêm reforçar o crescimento da Companhia no Atlântico Norte. A partir de 2020, Portugal terá, a partir de Lisboa e de Ponta Delgada, duas rotas diretas para Boston, cidade hub da JetBlue, parceira da TAP, o que permitirá à Companhia portuguesa transportar ainda mais passageiros provenientes de vários pontos dos EUA.

Com estas novas ligações e restantes incrementos de oferta, a TAP estima transportar entre Portugal e o  Atlântico Norte mais 390 000 (85 000 nas duas rotas) norte-americanos no próximo ano, contribuindo cada vez mais para a economia nacional e para o crescimento do turismo. Atualmente, a TAP transporta perto de um milhão de passageiros da América do Norte.

A América do Norte é já um dos três principais mercados da Companhia, saindo da nona posição que ocupava no início do processo de transformação da empresa.

Desde 2015 e até outubro de 2019, o número total de Clientes transportados de e para a América do Norte registou um aumento na ordem dos 250%.