Últimas Notícias:

TAP recebeu hoje mais um A321neo e TAP Manutenção assina protocolo de motores A320neo.


A TAP Air Portugal recebeu esta tarde mais um A321neo. Desta vez o A321neo CS-TJL

Este é o quarto A321neo a integrar a frota da companhia este ano.

Recorde-se que no próximo sábado, o A330neo irá realizar o seu primeiro voo comercial.

Foto: TAP

A TAP assinou um protocolo com a CFM, fornecedora dos motores dos aviões A320neo, que permitirá realizar nas suas oficinas a “manutenção total” destas aeronaves.

Ao obter a licença da CFM para fazer a manutenção de motores Leap 1A nas suas oficinas, a manutenção dos novos Airbus A320neo da TAP vai poder ser assegurada na sua totalidade pela área de Manutenção & Engenharia da TAP, sublinha um comunicado.

A TAP está a receber aviões A320neo este ano, prevendo receber até 2025 um total 36 aeronaves deste modelo.

A transportadora portuguesa indica que o protocolo assinado com a CFM permitirá “beneficiar da formação e certificação necessárias para desenvolver todas as actividades de reparação relacionadas com os motores destas aeronaves da sua frota, conferindo ainda à companhia a possibilidade de fornecer estes serviços de manutenção de motores aos seus próprios clientes”.

Mário Lobato Faria, Chief Technical Officer da TAP, citado em comunicado, afirmou que o “acordo é de grande importância para a TAP, uma vez que nos permitirá manter a flexibilidade, bem como níveis de operacionalidade da frota TAP muito elevados, além de nos dotar de uma oferta de serviço para terceiros igualmente relevante no mercado”.

Gaël Meheust, presidente e CEO da CFM Internacional, por sua vez, frisou que, “como parte do compromisso da CFM, apoiaremos a TAP na sua estratégia enquanto fornecedor de serviços de suporte, a nível mundial, permitindo aos clientes da LEAP manterem um nível de utilização que estabeleça uma referência no nosso sector”.

A TAP tem actualmente três aviões equipados com estes motores, em toda a sua frota da família Airbus A320, sendo que até ao final do ano terá realizado 61 intervenções de manutenção destes motores nos seus próprios aviões e cerca de 66 intervenções para outros clientes.

No próximo ano, “a companhia estima aumentar ainda mais os serviços a terceiros”, acrescenta o comunicado.

 

(Fonte: Presstur)