Últimas Notícias:

TAP fecha 1º trimestre com prejuízo de 57,4 Milhões de euros mas com “forte desempenho operacional e financeiro”


 

A TAP registou no primeiro trimestre um resultado líquido negativo 57,4 milhões de euros, uma “melhoria significativa” face aos primeiros trimestres de 2022 e 2019, segundo comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Apesar de o resultado líquido ter sido negativo em 57,4 milhões de euros, este representa uma melhoria significativa quando comparado aos valores de 1T22 e 1T19, que registaram valores de -121,6 milhões de euros e -106,6 milhões, respetivamente”, segundo o comunicado sobre os resultados trimestrais do grupo.

A TAP destaca o “forte crescimento” da atividade no primeiro trimestre, com o número de passageiros e capacidade a superar os níveis pré-crise do primeiro trimestre de 2019 e a gerar um aumento das receitas para 835,9 milhões de euros, apoiado “em melhores níveis de utilização” de capacidade da frota.

O número de passeiros transportados pela TAP no 1.º trimestre aumentou em 66,9% face ao mesmo período de 2022 e superando os níveis do 1.º trimestre de 2019, enquanto operou 34,2% mais voos do que no 1.º trimestre de 2022 ou 92% do mesmo período de 2019.

Com um EBITDA recorrente de 120,1 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, o grupo salienta o “sólido” desempenho financeiro, apesar do aumento dos custos operacionais recorrentes.

O presidente executivo da TAP, Luís Rodrigues, no comunicado ao regulador da bolsa, destaca que o primeiro trimestre mostrou uma continuidade do crescimento da procura, fazendo com que a TAP transportasse, pela primeira vez num trimestre pós-crise, mais passageiros do que em 2019.

“A TAP apresentou neste trimestre, um forte desempenho operacional e financeiro, apesar do aumento dos custos e dos desafios operacionais. Enfrentar esses desafios às portas do verão é o caminho no qual temos de nos concentrar. Caminho esse, que não se pode realizar sem o esforço e dedicação de todos os nossos colaboradores, salientou.