Últimas Notícias:

South African Airways recebeu o seu primeiro Airbus A350-900 (com vídeos)


A South African Airways recebeu, no dia 31 de outubro, o seu primeiro A350-900.

O ZS-SDC (ex-Hainan Airlines) aterrou em Joanesburgo, vindo de Singapura, onde recebeu as cores da companhia aérea.

Até dezembro a companhia vai receber mais três A350; um da Hainan Airlines e dois da Air Mauritius.

Foto: Sandiso Ngwenya

O primeiro A350-900 da SAA tem a capacidade para transportar 339 passageiros, 30 em classe executiva e 309 na classe económica.

Foto: Sandiso Ngwenya

Os lugares das 6 primeiras filas da Económica têm espaço extra para as pernas por forma a proporcionar uma experiência mais confortável, especialmente em voos mais longos, já os lugares da Classe Executiva podem ser convertidos em “camas planas”.

O A350-900 oferece ainda um sistema moderno de entretenimento a bordo (IFE) em toda a cabine.

Foto: Sandiso Ngwenya

O A350 vai operar algumas rotas de longo curso da SAA entre Joanesburgo e o Aeroporto Internacional John F Kennedy (JFK) em Nova Iorque, substituindo o Airbus A340-600.

De acordo com informações da companhia, à medida que forem introduzidos mais A350 na frota da SAA, mais rotas serão operadas com este equipamento.

Highlights of the arrival of our Airbus A350-900

We share the highlights of the arrival of our Airbus A350-900 which touched down at O R Tambo International Airport yesterday. Soon she’ll be taking to the skies. #LookUpSAA #SAA350 #SawubonaA350 #FlySAA

Publicado por FlySAA em Sexta-feira, 1 de novembro de 2019

A South African Airways vai operar os A350 XWBs por 3 anos. Os dois primeiros (provenientes da Hainan Airlines) têm 9 meses. Os dois últimos são novos e serão entregues à SAA directamente da fábrica da Airbus em Toulouse, sendo estes dois A350 alugados à Air Mauritius e também irão voar pela SAA durante três anos.

A SAA tem projectado uma poupança 25% em termos de custos operacionais, com a utilização do A350-900 XWB, por um período de 5 anos, em comparação com a utilização de aeronaves com quatro motores que possuem capacidades de alcance e carga útil semelhantes.