Últimas Notícias:

SATA Azores Airlines opera voo directo em A321LR entre Oakland e as Lajes


 

O A321LR tem-se mostrado eficiente nas várias operações que tem sido colocado à prova. Muitas vezes refere-se que determinadas horas de voo só são conseguidas porque os voos apresentam uma baixa densidade. A verdade é que para o mesmo número de passageiros antes do A321LR apenas era possível com, as ditas, aeronaves tradicionalmente utilizadas para voos de longo curso.

Esta madrugada a SATA Azores Airlines operou o seu voo S4236 directo entre Oakland e as Lajes, na Ilha Terceira Açorses.

O voo total teve 9h14 de duração.

Em outubro de 2020 a Air Transat realizou, até então,  o voo mais longo do mundo utilizando o Airbus A321neo LR (Long Range). A operação aconteceu no dia 25 de outubro na rota entre Montreal (YUL) – Atenas (ATH).

O voo TS690 foi realizado pelo avião de matrícula C-GOIO em oito horas e vinte minutos.

A 29 de março deste ano, a TAP anunciou nas suas redes sociais que atingiu um novo recorde, com o voo mais longo de sempre operado com um A321 Long Range.

A aeronave envolvida neste voo foi o CS-TXA, primeiro A321LR da companhia, que ligou Maputo, em Moçambique, ao Aeroporto Internacional Nelson Mandela, à cidade da Praia, em Cabo Verde, num voo com a duração de 10 horas e 7 minutos.

O voo aconteceu no passado dia 29 de março com o número de voo TP9302.

De referir que apesar da marca atingida tratava-se de um voo de posicionamento, ou seja, a aeronave apenas tinha a tripulação a bordo.

O recorde anterior foi atingido pela SATA Azores Airlines em janeiro deste ano com um voo entre Lisboa e Bogotá, um voo directo com duração de 09h49m.

De recordar que, a SATA Azores Airlines realizou no 3 de janeira o segundo voo charter entre Lisboa e o Aeroporto Internacional El Dorado em Bogotá, na Colômbia.

Tratou-se do voo que transportou a comitiva que se encontrava em Bogotá desde o dia 19 de dezembro.

A companhia foi contratada por um grupo empresarial português de distribuição alimentar e retalho especializado para a realização desta operação.

O primeiro voo foi realizado pelo A321LR CS-TSH “Magical”, e o segundo pelo A321LR CS-TSI “Inspire”.