Últimas Notícias:

Sabia que existe um segundo AN225?

 

A Antonov é sem dúvidas conhecida pela seu An-225 Mriya, o maior e mais pesado avião de transporte de carga do mundo.

Talvez poucos saibam, existe um AN225 por terminar.

De acordo com Oleksandr Donets, chefe da Antonov Company, a conclusão do segundo modelo AN225 é economicamente inviável, mas há quem deseje avançar para a conclusão da segunda unidade.

Segundo Oleksandr Donets, para terminar o segundo AN225 a aeronave teria de ser completamente redesenhada completamente, e caso o fosse, com componentes mais modernos, o preço seria ainda mais alto.

Ao mesmo tempo, a popularidade de Mriya no transporte é limitada. A aeronave Antonov An-124 Ruslan, uma família anterior de jatos projetados especificamente para o transporte de carga, é muito mais popular entre os clientes da Antonov.

“O Mriya não é contratada com a mesma frequência que os Ruslans”, disse Donets, “porque o Mriya foi projetado especificamente para o transporte da Buran, e não de cargas humanitárias. Basicamente, por espaço. Isso era algo que a União Soviética podia pagar. Mais importante, quase 35% dos aeroportos (do mundo) não têm espaço para a operação do AN225, devido às suas dimensões e envergadura, o Mriya não se encaixa nas faixas da pista … Não recuperaremos os custos.”

Mudança de propósito

O primeiro An-225 Mriya foi construído em 1988, tendo como objetivo o transporte de veículos espaciais e os seus componentes para o programa espacial soviético.

O programa Mriya previa a construção de duas unidades, no entanto, a construção do segundo Mriya foi interrompida em 1994 devido à falta de financiamento.

Primeiro voo do An-225 Mriya em 21 de dezembro de 1988.

Ao longo dos anos, a empresa Antonov afirmou estar pronta para concluir a construção caso recebesse um grande investimento.

Em 2016, a Corporação da Indústria do Espaço Aéreo da China estava supostamente pronta para participar no projeto, mas posteriormente perdeu o interesse devido ao custo extremamente alto.