Últimas Notícias:

Ryanair vai ficar com mais de 300 slots da easyJet em Londres Stansted


 

O site Routes Online indica que a Ryanair vai ficar com mais de 300 slots semanais que a easyJet vai deixar no aeroporto de Londres Stansted a partir de abril.

De acordo com as informações serão transferidos da easyJet para a Ryanair 312 slots semanais, o que equivale a cerca de 22 chegadas e partidas por dia.

“Com o encerramento da nossa base em Stansted, não precisamos desses slots e, portanto, podemos confirmar que concluímos uma transação com a Ryanair para transferir os slots. Não fornecemos mais pormenores sobre a negociação de slots”, indicou um porta-voz da easyJet.

A easyJet confirmou em agosto que planeava encerrar a sua base em Londres Stansted, justificando a decisão com o “impacto sem precedentes” da pandemia covid-19 e as medidas de quarentena impostas pelo governo britânico, frisando que continuaria a servir o aeroporto a partir de outras bases.

Antes da pandemia, a easyJet era a segunda maior companhia aérea em Londres Stansted, atrás da Ryanair. Os dados da consultora OAG indicam que a easyJet tinha 1,6 milhões de lugares em voos à saída de Stansted em 2019, o que fixava a sua quota de mercado em 10,2%. A Ryanair, com uma quota de 73,8%, colocava no mercado 11,7 milhões de lugares em voos à saída de Stansted em 2019.

Com o encerramento da base da easyJet, a companhia Jet2.com será a maior concorrente da Ryanair. Em 2019, a Jet2.com tinha 1,2 milhões de lugares em voos de Stansted, com uma quota de mercado de 7,3%.

O chief financial officer da easyJet, Andrew Findlay, frisou numa videoconferência que a companhia aérea não planeia ceder slots noutros aeroportos e irá defender a sua posição em locais que considera importantes para a sua estratégia global de rede.