Últimas Notícias:

Ryanair adquire Malta Air e entra no mercado do Norte de África


A Ryanair Holdings, o maior grupo de companhias aéreas da Europa, anunciou hoje (11 de junho) que concordou em comprar a Malta Air, uma companhia aérea maltesa para a qual a Ryanair irá transferir e aumentar a sua frota de 6 aeronaves B737 baseadas em Malta.

Este investimento na Malta Air irá permitir à Ryanair aumentar a sua presença já considerável em Malta (3 milhões de clientes) e entrar no mercado norte-africano, com ligações à partida de território maltês.

A conclusão desta operação está prevista para o final de junho:

  • Mudar o registo dos aviões baseados em Malta para o registo maltês     
  • 200 tripulantes baseados em Malta mudam-se para contratos locais pagando impostos locais em Malta     
  • Aumentar a frota baseada em Malta para 10 aeronaves em três anos e criar mais de 350 empregos     
  • A frota da companhia baseada em Malta irá receber as cores da Malta Air, até ao verão 2020

Num comunicado enviado à imprensa, a Ryanair explica que, com esta aquisição, vai aumentar para seis B737 o número de aparelhos na sua base de Malta, estabelecendo ainda o compromisso de vir a contar com 10 aparelhos, dentro dos três próximos anos, o que vai criar mais 350 postos de trabalho no país.

“A Malta Air vai orgulhosamente levar o nome e a bandeira de Malta a mais de 60 destinos em toda a Europa e Norte de África, enquanto procuramos fazer crescer a frota baseada em Malta, rotas, tráfego e empregos nos próximos três anos”, afirma Michael O’Leary, CEO da Ryanair, destacando a parceria estabelecida com as autoridades de turismo de Malta.