Últimas Notícias:

Qatar Airways vai substituir Airbus A380 pelo novo Boeing 777X

 

O CEO da Qatar, Al Baker em entrevista ao analista de aviação, Alex Macheras, afirmou que a companhia tem nos seus planos retirar da frota os seus A380 nos próximos anos. “Os A380, no seu 10º aniversário, serão retirados da nossa frota”.

A companhia recebeu o seu primeiro Airbus A380 com aa matrícula A7-APA em setembro de 2014, tendo na sua frota 10 unidades que normalmente operam as rotas entre o Qatar e Heathrow,  Guangzhou, Melbourne e Sydney.

Na mesma entrevista Al Baker acrescentou:  “Uma vez que tenhamos pago as nossas obrigações financeiras, eles irão”.

Ambas as variantes do 777X, 777-8 e o 777-9 possuem capacidades de alcance similares às de 8.000 milhas náuticas do A380, tornando o modelo uma óbvia substituição do A380, especialmente quando se considera a grande capacidade de passageiros a bordo.

O 777X irá substituir o A380 em rotas, inclusive para a Austrália. A Qatar é a companhia lançadora do novo modelo da Boeing mas não será a primeira a operar.

Segundo o CEO da companhia, a Qatar pretende que outras companhias possam operar primeiro, por forma a corrigir as normais anomalias iniciais: “Vamos deixar algumas companhias aéreas opera-los e limpar todos os erros. Isso significa que seremos um dos operadores de lançamento, mas não o primeiro a operar”.

Al Baker fez questão de destacar que o 777X não será a única aeronave substituta nas rotas do A380. “Uma vez que a Airbus aumente o peso máximo de descolagem (MTOW) do A350-1000 XWB, este avião poderá fazer, com menor capacidade, as mesmas rotas que o 777X”.

Actualmente, a companhia opera o A350-900 em apenas uma rota australiana, Adelaide, mas o lançamento dos voos para Sydney e Melbourne operados pelo A350-1000 exige que a Airbus certifique o modelo para um MTOW superior.