Últimas Notícias:

Primeiro Airbus A220 para a TAAG


 

O spotter Mark Brandon Aviation capturou, através da sua objetiva, o primeiro Airbus A220-300 para a TAAG, que já saiu da oficina de pintura da Airbus.

A nova aeronave vai voar como D2-TAA e durante os testes voará como C-FTWV. A TAAG vai tornar-se assim a 5ª operadora do modelo no continente Africano.

De recordar que, durante o Paris AirShow a companhia aérea angolana anunciou o alugar de mais quatro aviões Airbus A220-300 à empresa de leasing Aviation Capital Group (ACG), aparelhos que deverão entrar ao serviço da companhia aérea angolana em janeiro de 2025.

Os Airbus A220-300 anunciados vão somar-se à encomenda das seis unidades iniciais contratadas à Air Lease Corporation.

“A incorporação de quatro novas aeronaves A220 neste acordo é um sinal claro da nossa credibilidade internacional e um marco importante na renovação da frota da TAAG. Estamos profundamente empenhados em fazer crescer a empresa, tirando partido da nossa quota de mercado e do nosso portfólio de destinos”, afirmou o presidente executivo da TAAG, Eduardo Fairen

A TAAG e a Air Lease Corporation (ALC) celebraram um acordo de leasing para seis aeronaves modelo Airbus A220-300 com entregas faseadas, inicialmente programadas, a partir de 2023 e durante 2024.

“A TAAG continua a assim a executar o seu plano de crescimento da frota e, pela primeira vez, aposta numa estratégia ‘multimarca’ ao incorporar aparelhos Airbus na sua operação, através de um modelo de investimento ágil e financeiramente sustentável para o contexto da companhia, como é o formato de lease agreement”.

“A ALC tem o prazer de anunciar esta significativa colocação de arrendamento para seis novos Airbus A220 com a TAAG e ser a primeira a apresentar aeronaves Airbus para a companhia aérea”, disse Steven Udvar-Házy, presidente executivo da Air Lease Corporation.

“As capacidades do A220-300 aumentarão muito a eficiência operacional da TAAG e a expansão da rede de rotas com as aeronaves mais modernas e económicas.”

“O A220-300 com a sua eficiência de combustível, alcance e economia operacional melhorada irá substituir progressivamente a frota de Boeing 737-700 da TAAG e permitir que a companhia aérea otimize e amplie a sua cobertura de horários de voos e destinos a partir de Luanda”, disse Kishore Korde, Vice-Presidente Executivo de Corporação de Arrendamento Aéreo.

Os novos aviões estarão configurados com uma cabina para acomodar 142 passageiros (12 em Classe Executiva e 130 em Classe Económica), oferecem uma autonomia de voo entre sete a oito horas e permitem transportar um volume de carga utilizável de 28 metros cúbicos.