Últimas Notícias:

Primeiro A320neo da Transavia saiu da oficina de pintura


 

O Spotter Eurospot capturou através da sua objetiva o primeiro A320neo para a Transavia, trata-se da aeronave com o número de série 11918.

Este modelo faz parte de uma encomenda feita pela Air France-KLM de 100 aeronaves da família Airbus A320neo – com direitos de compra para mais 60 aeronaves – para a KLM e Transavia.

De referir que recentemente o spotter Tobias Gudat partilhou também fotos do primeiro Airbus A321neo para a Transavia, tratando-se do futuro PH-YHZ, com o número de série 11702.

Foto: Tobias Gudat

Como referido acima, a Air France-KLM encomendou 100 aeronaves da família Airbus A320neo – com direitos de compra para mais 60 aeronaves – para a KLM e Transavia, e assinou um LOI para a compra de 4 aeronaves Airbus A350F Full Freighter para a Air France.

Em comunicado o Grupo indicou que o Conselho de Administração tomou a decisão de seguir em frente com a meta do Grupo de melhorar o seu desempenho económico e ambiental por meio da introdução de aeronaves da próxima geração. 

O pedido cobre as aeronaves Airbus A320neo e Airbus A321neo. As primeiras entregas estão previstas para o final de 2023. Beneficiando-se das mais recentes inovações tecnológicas, as aeronaves da família A320neo oferecem o melhor desempenho na sua categoria para as necessidades de rede das companhias aéreas do Grupo.

Em comparação com aeronaves da geração anterior, eles oferecem uma redução de custo unitário de mais de 10%, bem como uma redução de 15% no consumo de combustível e nas emissões de CO2. A Sua pegada de ruído também é 50% menor.

A renovação da frota é a primeira alavanca para reduzir as emissões de CO2, com efeito imediato. Ao lado do uso de combustíveis de aviação sustentáveis ​​e eco-pilotagem, é um dos pilares da trajetória de descarbonização do Grupo, que visa emissões líquidas zero até 2050 e -50% das emissões de CO2 por passageiro / km até 2030, ou seja -15% em termos absolutos.

Essas aeronaves operarão rotas de médio curso na Europa, principalmente a partir de Amsterdam-Schiphol – hub global da KLM e base principal da Transavia Netherlands, e de Paris-Orly, principal base da Transavia France.

O Grupo refere que os detalhes da configuração da cabine serão anunciados brevemente.