Últimas Notícias:

Pilotos da TAP reúnem-se em assembleia e admitem “formas de luta”

O SPAC indica que a reunião será no dia 28 de fevereiro e da agenda constam dois pontos: o primeiro é “análise e discussão da situação laboral” na companhia aérea, incluindo “os descontos nos vencimentos relativos à formação”.

O segundo é “análise, discussão e deliberação sobre as estratégias e medidas a adoptar” face às questões debatidas no ponto anterior, “as quais poderão determinar o recurso a formas de luta laboral”.

Em novembro de 2018, o presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves adiantou que estava a cobrar 30 mil euros aos pilotos que entram para a formação da companhia.

Segundo uma notícia do Correio da Manhã, de outubro do ano passado, os pagamentos estavam a ser feitos todos os meses, com um desconto no vencimento dos profissionais.