Últimas Notícias:

Norwegian vai encerrar todas as rotas de longo curso à partida de Estocolmo e Copenhaga


Devido à baixa rentabilidade e aos problemas com os motores Boeing 787 Dreamliner Rolls-Royce, a Norwegian anunciou que vai encerrar todas as suas rotas de longo curso à partida de Estocolmo e Copenhaga, com destino aos EUA e Tailândia depois do Inverno.

Soube-se também que Oslo vai manter as rotas para os EUA, mas pode perder os voos para Tailândia.

A Norwegian vai operar os últimos voos de longo curso a partir das duas capitais escandinavas a 29 de março de 2020.

As rotas de longo curso de e para Oslo continuarão praticamente inalteradas, com uma excepção: a rota Oslo – Bangkok será encerrada em 2020, na temporada de verão.

A capacidade adicional que será gerada será usada para aumentar o foco nas rotas de longo curso para a América do Norte à partida da Espanha, Reino Unido e, em particular, Paris e Roma.

“Estamos a avaliar continuamente a rede de rotas para garantir que servimos à procura do mercado e esperamos oferecer aos viajantes de ambos os lados do Atlântico mais opções e bons preços”, afirmou o vice-presidente sénior da Norwegian, Matthew Wood.

“Ao mesmo tempo, vemos que o mercado de longa distância de e para a Escandinávia é pequeno, em comparação com grandes cidades como Nova Iorque, Londres, Los Angeles, Paris e Roma. A Escandinávia não é grande o suficiente para manter voos intercontinentais de Oslo, Estocolmo e Copenhaga ”. Woods acrescentou que a Norwegian “teve desafios com os motores Rolls Royce”, o que significa mais aeronaves no solo.

O anúncio do encerramento de rotas ocorre apenas algumas semanas antes de Jacob Schram formalmente iniciar o seu trabalho como novo CEO da Norwegian. O encerramento é a etapa mais recente de uma série de medidas que a empresa adoptou desde 2018 para aliviar os problemas financeiros e garantir a sustentabilidade para o futuro.