Últimas Notícias:

NATO: militar da Força Aérea Portuguesa integra tripulação totalmente feminina


 

A Força Aérea Portuguesa anunciou que a Sargento-Ajudante Carla Miguel participou num voo histórico da NATO, ao integrar uma tripulação totalmente feminina num avião AWACS.

O voo, concretizado na sexta-feira, 9 de fevereiro, esteve inserido numa missão regular da NATO Airborne Early Warning and Control Force (NAEW&CF) em apoio às atividades de vigilância.

Os militares que integram aquela força da NATO são provenientes de diversos países que integram a organização, operando a partir da Base Aérea da NATO em Geilenkirchen, na Alemanha.

A Sargento-Ajudante Carla Miguel encontra-se em missão desde março de 2020 ao serviço da NATO, depois de uma carreira sobretudo dedicada à Esquadra 501 – “Bisontes”, enquanto Flight Engineer do avião C-130H.

Foto: FAP

De acordo com o Resumo dos Relatórios Nacionais dos Membros da NATO e das Nações Parceiras, a percentagem média de mulheres nas forças armadas da Aliança mais do que duplicou desde 1998.

No que diz respeito à Força Aérea Portuguesa, a percentagem de mulheres tem vindo a aumentar paulatinamente, sendo o ramo militar português com mais mulheres militares, cerca de 20% do efetivo.