Últimas Notícias:

Luftwaffe – Força Aérea Alemã recebe segundo A321LR


 

A Lufthansa Technik anunciou que após a entrega da primeira aeronave em junho na ILA Berlin, a empresa entregou o segundo Airbus A321LR (Long Range) à Força Aérea Alemã com um voo de transferência de Hamburgo para Colônia-Bonn.

Assim como a sua aeronave irmã, já em serviço, com o registro tático 15+10, o novo 15+11 agora também estará disponível para a Força Aérea Alemã para transporte de tropas e operações de voos de Estado em rotas de curto, médio e longo curso.

A respetiva capacidade  de cada uma das duas aeronaves, nesta configuração, é de 136 passageiros.

Durante uma pequena cerimónia na base da Lufthansa Technik em Hamburgo, todo o pessoal envolvido já havia se despedido oficialmente da aeronave na última sexta-feira.

Não apenas a equipa do projeto da Lufthansa Technik foi convidada a participar, mas também, entre outros, o pessoal envolvido do Escritório Federal Alemão de Equipamentos, Tecnologia da Informação e Suporte em Serviço da Alemanha (BAAINBw), o Centro Técnico da Bundeswehr para Aeronaves e Equipamentos Aeronáuticos ( WTD 61) e a Força Aérea Alemã, que anteriormente havia submetido o 15+11 a um programa intensivo de testes e aceitação.

Com a sua conclusão, a primeira fase do projeto de modificação está concluída. No próximo ano, no entanto, ambos os A321LRs irão regressar à Lufthansa Technik para serem modificados e certificados para funções MedEvac (Evacuação Médica) na segunda fase do projeto.

Isso expandirá a gama de operações da aeronave para incluir capacidades para o transporte aéreo qualificado de passageiros feridos e doentes. Nesse contexto, estarão disponíveis três configurações diferentes para transportar até seis pacientes em terapia intensiva ou até doze pacientes com doenças leves ou moderadas.

Para este fim, a Lufthansa Technik entregará um total de doze unidades e duas unidades de reserva da Unidade de Transporte de Pacientes Nova Geração para as forças armadas alemãs. A empresa conseguiu concluir vários trabalhos preliminares para a missão MedEvac, por exemplo, para o fornecimento de oxigênio a bordo das duas aeronaves, já durante a primeira fase do projeto.