Últimas Notícias:

Jet Airways diz, hoje, adeus aos céus


 

Jet Airways vai suspender, esta noite, toda a sua operação.

A dívida da companhia ronda os 1,2 bilhões de dólares, e apesar das várias tentativas para um financiamento de emergência junto ao State Bank of India (SBI) e seus credores para continuar a sua operação a companhia não conseguiu obter uma resposta positiva.

Sem recursos para o pagamento de combustíveis e serviços essenciais, a Jet Airways, a maior companhia aérea privada da Índia, suspendeu toda a sua operação.

A Jet Airways chegou a operar 980 voos diários com uma frota de 123 aeronaves,  tornando-se a segunda maior companhia aérea do país.

A companhia conta com um quadro de 16.000 funcionários.

Em comunicado a Jet Airways, avança:

Nas últimas semanas e meses, a empresa tentou através de todos os meios possíveis obter financiamento interino e de longo prazo. Infelizmente, apesar dos seus melhores esforços, a companhia não teve outra opção hoje, com uma suspensão temporária das operações.

Esta é sem dúvida uma decisão muito difícil, mas sem financiamento provisório, a companhia aérea é simplesmente incapaz de conduzir as suas operações de voo de uma maneira que sirva às expectativas muito razoáveis ​​dos seus clientes, funcionários, parceiros e prestadores de serviços.

Depois de 25 anos a partilhar a Alegria de Voar com os clientes indianos e internacionais, a Jet Airways foi forçada a tomar esta medida extrema, uma vez que os esforços prolongados e sustentados com credores e autoridades não produziram os resultados desejados.