Últimas Notícias:

Força Aérea Portuguesa de prevenção para apoio às vítimas do sismo


 

A Força Aérea Portuguesa anunciou que aa sequência do sismo que se fez sentir na noite passada, a FAP encontra-se de prevenção para uma possível projeção de meios da Proteção Civil para Marrocos.

Este estado de prontidão obrigou ao cancelamento dos batismos de voo previstos para este fim de semana na Base Aérea N.° 1, em Sintra, e na Base Aérea N.º 6, no Montijo, enquanto atividade inserida no dia de Base Aberta à população.

De referir que Portugal vai enviar um avião da Força Aérea para a cidade de Marraquexe, “para retirar os portugueses que queiram regressar” de Marrocos, abalado por um sismo na sexta-feira à noite, comunicou hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

O MNE informou que os portugueses que contactara em Marrocos “encontram-se bem, não tendo reportado problemas de saúde ou danos materiais substantivos”.

Manifestando “total solidariedade para com as autoridades e população marroquinas”, a diplomacia portuguesa garantiu que está a acompanhar “em permanência” a situação, mantendo contacto “com os cidadãos portugueses no país, em particular na zona do epicentro sísmico”.

O último balanço oficial do terramoto que atingiu Marrocos na sexta-feira à noite subiu para 1.037 mortos e 1.204 feridos, dos quais 721 “em estado crítico”.

De acordo com o Instituto Nacional de Geofísica de Marrocos, o sismo atingiu a magnitude 7,0 na escala de Richter e ocorreu na região de Marraquexe (norte) às 23:11, a uma profundidade de oito quilómetros.