Últimas Notícias:

Força Aérea Portuguesa de olho nos F-35


Recentemente o General João Guilherme Rosado Cartaxo Alves, Chefe do Estado-Maior da Força Aérea Portuguesa afirmou durante uma conferência que o F-35 é a escolha preferida do país.

“A aeronave F-35 parece ser a aeronave adequada para, no futuro, substituir o atual F-16, uma vez que os Estados Parceiros Europeus migraram do F-16 para o F-35”

Portugal pode juntar-se assim a outros países da NATO e substituir seus caças F-16 pelo Lockheed Martin F-35A Lightining II.

O caça de 5ª geração tem sido a escolha de vários países europeus nos últimos anos, devido à sua tecnologia avançada e arquitetura aberta, que permite atualizações de forma rápida.

Para adquirir os F-35, Portugal terá de solicitar uma autorização do governo dos Estados Unidos, que utiliza o programa Vendas Militares ao Exterior para fornecer armamentos sensíveis a aliados.

A previsão, no entanto, é que o substituto do F-16 só comece a ser recebido nos anos 2030. A atual frota de caças F16, com 25 aeronaves, recebeu atualizações para estender a capacidade operacional até o final década.

Cartaxo Alves, no entanto, afirmou que não há nenhum movimento nesse sentido no momento. Portugal formulou uma proposta para modernização das forças armadas este ano, mas não há citação a um novo caça.