Últimas Notícias:

Emirates realizou voo de demonstração do A380 com combustível de aviação 100% sustentável


 

A Emirates tornou-se a primeira companhia aérea do mundo a efetuar um voo de demonstração do A380 utilizando 100% de Combustível de Aviação Sustentável (SAF). O voo, comandado por Khalid Binsultan e Philippe Lombet, descolou do Aeroporto Internacional do Dubai (DXB) com um dos quatro motores alimentados a 100% de SAF, contribuindo para demonstrar o seu potencial como substituto imediato que corresponde aos requisitos técnicos e químicos do combustível de aviação, sendo ao mesmo tempo uma alternativa mais sustentável. O SAF pode reduzir as emissões de carbono até 85%* ao longo do ciclo de vida do combustível, quando comparado com o combustível de aviação convencional.

Voos de demonstração como o realizado abrem caminho para a futura normalização, qualificação e utilização de voos 100% SAF, à medida que os governos adotam estratégias mais amplas para apoiar a produção e o aumento do SAF. O voo de demonstração do A380 sublinha o desempenho e a compatibilidade do SAF, tornando-o uma fonte de combustível segura e fiável, e contribui para o crescente corpo de investigação levado a cabo pela indústria para avaliar os efeitos benéficos do SAF a 100% no desempenho das aeronaves. Atualmente, o SAF está limitado a uma mistura de 50% nos motores para voos comerciais.

O voo de demonstração do A380 da Emirates ocorre numa altura em que a indústria da aviação, as organizações internacionais, os organismos reguladores e os altos funcionários responsáveis pelas decisões políticas convergem no Dubai para a Terceira Conferência da Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO) sobre Aviação e Combustíveis Alternativos (CAAF/3). Os colaboradores dedicados da Airbus, Engine Alliance, Pratt & Whitney, Neste, Virent e ENOC têm estado a trabalhar nos testes, avaliações técnicas e análise de dados para o voo de quarta-feira, dia 22 de novembro.

O SAF 100% drop-in utilizado neste voo inclui compostos sintéticos renováveis e simula de perto as características do combustível de aviação convencional. Esta é a primeira vez que o SAF drop-in é utilizado num avião A380, esperando-se que seja totalmente compatível com os sistemas existentes do avião. O voo transportou quatro toneladas de SAF, composto por HEFA-SPK fornecido pela Neste (querosene parafínico sintético de ésteres e ácidos gordos hidroprocessados) e HDO-SAK da Virent (querosene aromático sintético hidro-desoxigenado). A ENOC ajudou a garantir o SAF puro composto por HEFA-SPK e misturou-o com querosene de aviação sustentável (SAK) nas suas instalações no Aeroporto Internacional do Dubai antes da demonstração, tendo também efetuado serviços no avião.

O SAF a 100% foi utilizado num motor GP7200 da Engine Alliance, enquanto o combustível convencional para jatos foi utilizado nos outros três motores. A unidade de potência auxiliar (APU) PW980 da Pratt & Whitney Canada também funcionou com 100% SAF.

Na semana passada, foi efetuado um ensaio robusto de um motor A380 Engine Alliance GP7200 com 100% de SAF, com o objetivo de validar a capacidade do motor para funcionar com a mistura especial de 100% de SAF sem afetar o seu desempenho ou exigir quaisquer modificações.  Os ensaios dos motores em terra tiveram lugar no Emirates Engineering Centre, no Dubai, onde se encontra a mais moderna tecnologia.