Últimas Notícias:

Emirates, IATA e Airbus lançam formação para a qualificação de pilotos dos novos A350


 

A Emirates, a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) e a Airbus anunciaram que uniram-se para oferecer um programa avançado de Formação e Avaliação com Base em Competências (FABC) a pilotos, para a sua certificação no tipo A350. Esta iniciativa surge no momento em que a companhia aérea se prepara para a entrega de 65 aeronaves A350, a partir de meados de 2024. Um grupo inicial de 256 pilotos será formado como parte do novo curso, que decorrerá na Escola de Formação da Emirates, no Dubai, a partir de julho de 2024. 

O programa de formação avançada de pilotos utiliza a metodologia de formação FABC, que combina os princípios e a documentação da IATA com a experiência e os recursos operacionais da Emirates, assim como a experiência da Airbus na formação FABC do A350, que se estende há mais de 10 anos.

Orientado para a competência e comportamento dos pilotos, o programa FABC A350 utiliza a filosofia de formação FABC comprovada, que permite aos instrutores avaliar a formação dos pilotos e procurar melhorias imediatas no seu desempenho. O programa decorrerá em duas fases e incluirá 20 dias de formação em simulador e avaliação, distribuídos por 15 sessões separadas.

“Com este programa, os pilotos da Emirates recebem formação interna baseada em competências com instrutores altamente qualificados, para desenvolver capacidades de excelência que lhes permitam apoiar as operações globais da companhia aérea. O programa FABC personalizado para o A350 apoia a integração do novo avião na nossa frota, com 1.000 pilotos prontos para completar esta formação de qualificação para o tipo A350. Esta última iniciativa faz parte do compromisso da Emirates em oferecer os mais elevados padrões de serviço e conforto, apoiando simultaneamente o nosso crescimento e expansão operacional”, afirmou o Capitão Bader Al MarzooqiVice-Presidente Sénior da Emirates para a Formação de Voo.

“Combinar a experiência da Emirates, da Airbus e da IATA para conceber e oferecer formação de qualificação de A350 é uma oportunidade única. O nosso objetivo é utilizar todos os benefícios da FABC para qualificar os pilotos do A350 da forma mais eficiente e eficaz possível. E, ao fazê-lo em conjunto, as três organizações ganharão também uma experiência valiosa que poderá reforçar as suas outras atividades de formação”, mencionou Nick CareenVice-Presidente Sénior da IATA para as OperaçõesSegurança e Proteção.

“O A350 é um avião de última geração, que requer soluções de formação igualmente avançadas. A nossa parceria com a IATA e a Emirates assegura que os pilotos da Emirates recebem a formação mais completa e eficaz, contribuindo para a entrada em serviço do A350 em todo o mundo”, referiu o Capitão Stéphan LabrucherieDiretor Mundial de Formação de Voo da Airbus.

O programa de qualificação do tipo A350 é uma das formas como a Emirates está a preparar a entrada em serviço do seu novo A350. Juntamente com a formação de pilotos, outras áreas da companhia aérea estão também a trabalhar na preparação para a estreia das operações do A350, incluindo as equipas de Prestação de Serviços e Engenharia, entre outros departamentos.

FABC e IATA

Obter os benefícios e a eficiência da formação FABC é um objetivo de longa data da indústria. Para as tripulações de voo, a IATA está a apoiar este objetivo com o seu Guia FABC para a formação de tripulações de voo, que está totalmente alinhado com as normas FABC da ICAO e inclui repositórios específicos para companhias aéreas/operadores e organizações de formação.

A IATA também se concentra na formação FABC em apoio aos Regulamentos de Mercadorias Perigosas da IATA. O Centro FABC da IATA apoia organizações de todo o sector da aviação, incluindo operadores, Autoridades de Aviação Civil e organizações de formação, no desenvolvimento de capacidades e recursos para programas de formação em mercadorias perigosas. Também oferece formação FABC especializada para várias funções das companhias aéreas, desde assistentes de terra a agentes de passageiros, planeamento de carga, tripulação e outros.