Últimas Notícias:

easyJet vai cancelar perto de 500 voos de/para Norte da Itália pelo impacto do coronavírus


 

A easyJet, segunda maior low cost europeia, anunciou uma série de medidas, para compensar a “significativa” quebra da procura de voos de/para as suas bases no Norte de Itália, bem como o “abrandamento” em outros mercados europeus.

De acordo com as informações divulgadas, a companhia vai cancelar perto de 500 voos em rotas de/para Itália na segunda metade deste mês, fazendo uma redução de aproximadamente 10% das ligações previstas.

A informação da easyJet refere medidas adicionais de natureza económica para atenuar o impacto económico do alastramento do surto de coronavírus na Europa, entre as quais cortes nos orçamentos de área administrativas e despesas não prioritárias, ‘congelamento’ da contratação, promoção e remuneração e adiamentos de projectos “não críticos” e de investimentos, proposta de licenças sem vencimento e suspensão de formações não obrigatórias e realocação de capacidade no Verão.