Últimas Notícias:

Despressurização obriga a descida de emergência para o Porto


Um Boeing 737-800 da Red Sea Airlines, com a matrícula SU-RSB, que estava a realizar o voo 4S-3501 entre Hurghada (Egito) e o Porto, com 180 pessoas a bordo, no dia 7 de agosto, estava em descida inicial pelo FL330 em direção ao Porto quando a tripulação iniciou uma descida de emergência devido à perda de pressão na cabine.

Como é normal nestas situações as máscaras de oxigênio foram libertadas.

A aeronave nivelou no FL100 cerca de 5 minutos depois (velocidade média de descida 4600 fpm) e seguiu para o Porto para uma aterragem segura na pista 35 cerca de 25 minutos após ter iniciado a descida de emergência.

Após a aterragem no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, os passageiros foram assistidos pelas equipas médicas. 

Vale relembrar que as instruções de segurança são das coisas mais importantes de serem ouvidas durante a viagem.

Alguns passageiros dizem: “se isto cair morremos todos e não adianta de nada”. É nestas situações que se aplicam as instruções de segurança como é o caso de uma despressurização.

Puxe a máscara” (puxar as máscara faz ativar o gerador químico do oxigénio. Se numa fila nenhum puxasse a máscara esses passageiros ficavam sem oxigénio).

Aplique sobre a boca e o nariz e respire normalmente.

Só depois deverá ajudar os que estão à sua volta. Lembre-se mesmo que seja o seu filho, se não estiver bem não consegue ajudar o outro.