Últimas Notícias:

British Airways vai voar entre Gatwick e Faro com a nova subsidiária BA Euroflye


A British Airways revelou os destinos iniciais da sua nova subsidiária em Gatwick, que começará a operar a partir de março de 2022 e voar para 35 destinos de curta distância.

A companhia aérea anunciou a sua intenção de criar um negócio autónomo de curta distância em Gatwick em agosto, semelhante à sua operação no Aeroporto London City, que opera sob o nome British Airways, mas existe como uma entidade totalmente separada.

A ramificação será lançada no final de 2022, com os serviços de curta distância em Gatwick sendo operados pela linha principal BA até que o Certificado de Operador Aéreo das novas entidades seja emitido.

Os voos de curta distância da futura BA Euroflye começarão a operar a partir de Gatwick no final de março, inicialmente com três aeronaves Airbus, aumentando para 18 aeronaves no final de maio.

O anuncio da nova subsidiária representa o regresso da companhia aérea com voos de curta distância ao aeroporto, que foram suspensos como resultado da Covid-19 na primavera de 2020.

Durante a pandemia, várias rotas foram transferidas para o aeroporto de Heathrow, algumas das quais regressarão para Gatwick, além de ser mantido em Heathrow para dar escolha aos clientes, incluindo Faro, Ibiza, Málaga, Marrakech e Tenerife. Além disso, outras novas rotas serão adicionadas em Gatwick, incluindo Atenas, Berlim, Madrid, Milão, Malpensa e Santorini.

Os novos serviços terão a marca e serão conhecidos como British Airways .

Os clientes receberão o mesmo alto nível de serviço que esperam da British Airways, bem como desfrutar dos benefícios de viajar com a companhia aérea de bandeira do Reino Unido, incluindo uma franquia generosa de bagagem, água e lanches grátis, seleção de assento grátis em -24 horas e benefícios de passageiro frequente que incluem acesso ao lounge. Os clientes do Club Europe também receberão comida e bebida de cortesia e os clientes do Euro Traveler que quiserem pedir comida adicional terão acesso ao ‘Speedbird Café’ da companhia aérea, que oferece uma seleção de produtos de uma variedade de marcas britânicas cuidadosamente selecionadas.

A transportadora sublinha que os clientes da nova subsidiária terão “o mesmo alto nível de serviço que esperam da British Airways”, e poderão “desfrutar dos benefícios de viajar com a companhia aérea de bandeira do Reino Unido, incluindo uma franquia generosa de bagagem, água e snacks gratuitos, escolha gratuita do lugar em -24 horas e vantagens para passageiros frequentes que incluem acesso ao lounge”.

A British Airways acrescenta que “os clientes do Club Europe também receberão comida e bebida de cortesia e os clientes do Euro Traveller que quiserem pedir comida adicional terão acesso ao Speedbird Café da companhia aérea, que apresenta uma seleção de produtos de uma variedade de marcas britânicas cuidadosamente selecionadas”

Citado no comunicado, o presidente e CEO da British Airways, Sean Doyle, afirmou que “a criação de uma nova organização de curta distância da British Airways significa que os clientes de Gatwick terão acesso a um serviço premium da companhia aérea de bandeira do Reino Unido a preços competitivos”.

Já o CEO do Aeroporto de Gatwick, Stewart Wingate, salientou que a nova programação de voos “é um sinal positivo de que a confiança do consumidor está a voltar, à medida que as pessoas começam a pensar em fazer planos de viagem para o próximo Verão