Últimas Notícias:

Boeing anuncia que presidente executivo sai da empresa no final do ano


 

A Boeing anunciou hoje que o presidente executivo Dave Calhoun, vai deixar o cargo no final deste ano, depois de uma série de incidentes registados com a segurança dos aviões produzidos pela empresa.

Além deste gestor, o presidente da Boeing, Larry Kellner, também comunicou à empresa que não tenciona recandidatar-se ao cargo.

Já Stan Deal, que lidera a divisão de aviões comerciais da Boeing, revelou igualmente que se vai reformar da empresa.

No comunicado a Boeing indica que Stan Deal será substituído por Stephanie Pope que vai passar a liderar esta a divisão do fabricante mundial de aviões.

A FAA – Administração Federal da Aviação norte-americana colocou a Boeing sob intenso escrutínio e ordenou recentemente uma auditoria às linhas de montagem de uma das suas fábricas perto de Seattle, onde a empresa faz a montagem dos B737 Max da Alaska Airlines.

De recordar que recentemente um B737 Max da Alaska Airlines perdeu um painel de substituição de porta em pleno voo.

Os investigadores explicaram que faltavam os parafusos que ajudam a manter o painel no seu sítio, depois terem sido feitos trabalhos de reparação na fábrica da Boeing.

O “grave incidente” elevou o escrutínio da Boeing ao seu nível mais alto desde que ocorreram dois acidentes com jatos Boeing 737 Max em 2018 e 2019, nos quais morreram 346 pessoas, lê-se ainda no comunicado.