Últimas Notícias:

Boeing 777X tem sofrido atrasos e a primeira entrega poderá ser só em 2021

 

As anomalias detectadas no motor GE9X devem atrasar o primeiro voo e a primeira entrega indicou a Boeing.

No relatório elaborado para os investidores sobre os resultados do segundo trimestre deste ano, a Boeing afirmou que “O programa 777X está a decorrer bem na sua fase pré-voo. A nossa previsão será entregar o primeiro 777X no final de 2020, existe um sério risco dado ao desafio com os motores, que está a atrasar o primeiro voo para o início do próximo ano”.

Durante um dos último testes, observou-se uma anomalia no compressor de alta pressão de um dos motores, segundo a General Electric, fabricante do equipamento, que estuda as soluções.

Caso se confirme este atraso será mais um golpe duro na Boeing. A empresa continua a sofrer com as consequências da crise do B737 MAX que tem afectado bastante o 777X: o maior bimotor já construído no mundo não teve cerimónia de apresentação devido ao luto envolvendo o acidente do 737 MAX da Ethiopian Airlines.