Últimas Notícias:

Azores Airlines está a recrutar Técnicos de Manutenção de Aeronaves


 

A SATA Azores Airlines anunciou que por forma a reforçar o quadro de profissionais no Serviço de Produção, Manutenção em Linha da Direção de Continuidade e Aeronavegabilidade, a companhia pretende recrutar profissionais para Lisboa, para o desempenho da função de Técnico de Manutenção de Aeronaves.

Os candidatos devem seguir os seguintes critérios:

Principais tarefas e responsabilidades:

Inspecionar, substituir e reparar todo o equipamento e sistema das aeronaves, de acordo com as regras estabelecidas nos manuais de manutenção.

Requisitos mínimos para a função:

· 9º Ano de escolaridade ou equivalente

. Licença Parte 66 de Manutenção de Aeronaves na categoria B1.1 ou B1.1/B2

. Conhecimento básico da língua inglesa, falado e escrito

· Conhecimentos de informática na ótica do utilizador

. Carta Condução de ligeiros

Condições preferenciais:

. Averbamento na licença AML P66 das aeronaves A320 FAM / LEAP

. Averbamento na licença AML P66 das aeronaves A320 FAM / CEO (CFM56)

Perfil comportamental requerido:

. Orientação para resultados

· Capacidade de resiliência e trabalho sob pressão

· Capacidade de relacionamento interpessoal e de trabalho em equipa

. Conhecimentos Técnicos

Documentos de apresentação obrigatória:

. CV atualizado e detalhado com fotografia

. Certificado de Habilitações reconhecido pelo Estado português

. Certificado da Licença Parte 66 de Manutenção de Aeronaves na categoria B

. Carta de condução

. Registo Criminal válido (para acesso a zonas reservadas)

. Cartão de Cidadão (frente e verso – facultativo)

. Fotografia Tipo Passe (formato ficheiro JPG)

Formalização da candidatura (2 ações obrigatórias):

1ª ação: Preenchimento obrigatório do formulário “Processo de Recrutamento e Seleção TMA’s S4 2024” – clique AQUI.

2ª ação: Envio da documentação obrigatória para o correio eletrónico cv@sata.pt, até às 23:59 do dia 31 de março de 2024, registando no campo “Assunto” o texto: “RE_TMAS4_2024”, acompanhado da documentação discriminada em “documentos de apresentação obrigatória”, em ficheiro único.