Últimas Notícias:

B737-800MAX da Ethiopian Airlines caiu com 157 pessoas a bordo


 

O B737-800MAX com o número de registo ET-AVJ da Ethiopian Airlines que estava a realizar o voo ET302 entre  Adis Abeba e  Nairobi caiu pouco depois da sua descolagem.

A companhia já confirmou oficialmente o acidente indicando que a bordo seguiam 149 passageiros e 8 membros da tripulação.

Não existem sobreviventes e a bordo seguiam passageiros de 33 nacionalidades.

Segundo informa ainda a companhia nas suas redes sociais o avião descolou às 08:38 hora local de Addis Ababa, tendo o Aeroporto Internacional de Bole e perdido contacto às 08:44.

Sabe-se que o piloto relatou dificuldades com o avião ao ATC, tendo sido autorizado o seu regresso ao aeroporto.

A primeira imagem que foi divulgada do acidente:


Lista de nacionalidades dos passageiros a bordo:



De recordar que em Outubro do ano passado um B737 MAX da Lion esteve envolvido também num acidente semelhante a este, caindo logo após a descolagem.

O Boeing 737 MAX é uma aeronave narrowbody bimotora turbofan que foi desenvolvida pela Boeing. É o sucessor do Boeing 737 Next Generation. O 737 MAX é a quarta geração da família 737. A principal alteração é a utilização de motores mais eficientes e modificações na estrutura do avião. Em dezembro de 2015, a Boeing tinha 3.072 pedidos para a aeronave.

O novo modelo voou pela primeira vez no dia 29 de janeiro de 2016, 50 anos após o primeiro voo do 737.

O modelo já foi vendido para: Gol Linhas Aéreas, Aerolíneas Argentinas, American Airlines, United Airlines, LOT Polish Airlines, TUI Fly, Air Canada, AeroMexico, Southwest, WestJet, Iceland Air, Air China, entre vários outros.