Últimas Notícias:

Autoridade europeia manda parar dois hélis do INEM

 

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação mandou parar dois dos quatro helicópteros do INEM por ultrapassarem a idade permitida para voar.

Segundo o Jornal e Notícias, a ordem do regulador europeu surgiu depois de uma fiscalização à Agência Nacional de Aviação Civil e aos três operadores certificados para voos de emergência médica.

A fiscalização acabou por apontar falhas no controlo das regras das aeronaves que, por causa da idade, não têm um sistema obrigatório de monitorização dos voos.

A Babcock, empresa responsável pelos aparelhos, diz que as aeronaves cumprem todos os requisitos exigidos por lei e afirma que a substituição nada tem a ver com questões de segurança, mas porque já estava contratualizado.

A auditoria feita pela agência europeia para a segurança da aviação, foi realizada após o acidente de Valongo que matou quatro tripulantes em dezembro de 2018.