Últimas Notícias:

Airbus A330-900neo recebe certificação europeia para ETOPS 180

 

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) aprovou o A330-900 para o ETOPS (Operações de aeronaves com dois motores de longo alcance) “além de 180 minutos”.

Esta significativa conquista, significa que os operadores do A330neo, que é equipado com motores Rolls-Royce Trent 7000, terão a possibilidade de definir rotas de longo alcance mais eficientes, confiáveis ​​e diretas.

A aprovação, que inclui a capacidade ETOPS 180min na especificação básica da aeronave, agora também inclui a opção para ‘ETOPS 285min’. Esta aprovação amplia a distância potencial de desvio de voo para cerca de 2.000 milhas náuticas. A respectiva certificação ETOPS dos EUA da FAA está prevista para breve.

Os operadores do A330neo que escolherem a opção ETOPS 285min poderão defnir novas rotas mais directas “não limitativas”. Enquanto isso, as companhias que voam em rotas existentes (actualmente com até 180 minutos de tempo de desvio) poderão percorrer um caminho mais recto, mais rápido e mais eficiente em termos de combustível e também terão acesso a mais – e possivelmente melhor equipados – aeroportos de desvio em rota, se necessário.

Segundo a Airbus, a concessão desta capacidade ETOPS é um testemunho do design e da maturidade dos sistemas da aeronave, que tem demonstrado ser tão bom quanto o seu antecessor – a versátil e extremamente confiável família A330-200 / -300, comprovada em muitos milhões de voos.

Em 2009, o Airbus A330-200 / -300 tornou-se a primeira família de aviões a obter uma certificação ETOPS “180min”, concedida pela EASA. Os aviões bimotores Airbus acumularam mais de 20 milhões de horas de voo ETOPS, a maioria das quais foram acumuladas pela família A330

 

ETOPS (Extended Twin Engine Operations) é uma sigla para certificações oficiais de autoridades aeronáuticas de vários países, que permitem às aeronaves comerciais bimotoras e aeronaves executivas bimotoras voarem em rotas que estejam tão distantes de um aeroporto alternativo quanto a distância de voo percorrida em até 60 minutos, ou, em outros casos, até mais.[1]

ETOPS (conhecida anteriormente como EROPSExtended Range Operations) são certificações obrigatórias concedidas por autoridades aeronáuticas, entre elas a FAA dos Estados Unidos e a EASA europeia, que permitem que jatos executivos bimotores, jatos comerciais bimotores e alguns turboélices bimotores operem normalmente em longas rotas transoceânicas.

Numa tradução livre e simplificada, ETOPS significa Operação de Longo Alcance em Bimotores, e, durante o processo de certificação, as autoridades aeronáuticas submetem a aeronave e o seu fabricante a uma série de exigências, entre elas sistemas de segurança redundantes e equipamentos de comunicação e navegação altamente confiáveis.

Actualmente, as principais certificações actuais deste tipo são:

  • ETOPS 120 minutos;
  • ETOPS 180 minutos;

Para receber qualquer uma destas certificações os fabricantes de aeronaves comerciais ou executivas têm que demonstrar para as autoridades aeronáuticas, incluindo testes de demonstração em voo, que a aeronave submetida a análise é segura o suficiente para este tipo de operação, incluindo longas viagens transoceânicas.