Últimas Notícias:

Air France vai retomar as suas operações entre o Porto e Paris-CDG e os voos diários de/para Lisboa


 

A Air France indicou hoje em comunicado que, a companhia está, desde o início da crise do COVID-19, a adaptar a sua rede e o seu programa de voos em tempo real e em função das restrições e da procura. Até esta segunda-feira, 18 de maio, e desde o final de março, a Air France tem assegurado entre 3 e 5% do seu programa habitual, concentrando-se na continuidade territorial e em manter uma ligação para os destinos-chave, na Europa e internacionalmente, tanto para o transporte de passageiros como de mercadorias. Nesse contexto, a Air France serve 43 destinos atualmente.

Com a atualização agora apresentada e em curso, os voos entre Lisboa e Paris-CDG voltam a ser diários a partir de 6 de junho (passando progressivamente para dois voos diários no final do mês) e, no Porto, a companhia retoma os voos entre a Invicta e Paris-CDG a 6 de Junho próximo, com 3 voos semanais, serviço que volta a ser diário a partir de 18 de junho. O presente programa está naturalmente sujeito à evolução da presente situação.

Sublinha-se ainda que, desde 28 de março, a companhia francesa mantém em operação 3 voos semanais entre Lisboa e Paris-CDG, em avião da família Airbus A320, ao mesmo tempo que a congénere holandesa do Grupo, a KLM, tem estado a operar (e continuará em junho) 1 voo diário entre Lisboa e Amesterdão-Schiphol, em Boeing B737 (138 lugares).

Entre hoje e o final de junho, e sujeita ao levantamento das restrições de viagem, a Air France prevê retomar gradualmente os seus voos, com um aumento gradual no número de frequências e destinos, em particular para a França continental, os Departamentos Ultramarinos franceses e a Europa. Este programa de voo vai representar cerca de 15% da capacidade implementada habitualmente neste período e será assegurada por 75 aparelhos da frota da Air France, que totaliza 224 aviões.

Para assistir os seus clientes no âmbito da retoma de tráfego, a Air France ajusta regularmente o seu programa de voos, atualizando-o diariamente em todos os canais de distribuição. À data de hoje, o programa de voos está atualizado até 30 de junho de 2020.

Programa de voos até 30 de junho de 2020 de/para Paris-Charles de Gaulle (CDG)

França continental Ajácio, Bastia, Biarritz, Bordéus, Brest, Calvi, Clermont-Ferrand, Figari, Marselha, Montpellier, Nice, Pau, Perpignan, Toulon, Toulouse
Departamentos Ultramarinos e Caraíbas Cayenne, Fort-de-France, Pointe-à-Pitre, Saint-Denis da Réunion, Saint-Martin (apenas carga)
Europa Amesterdão, Atenas, Barcelona, ​​Bari, Bergen, Berlim, Birmingham, Bolonha, Bucareste, Budapeste, Copenhaga, Dublin, Düsseldorf, Edimburgo, Yerevan, Florença, Frankfurt, Genebra, Hamburgo, Hanôver, Héraklion, Ibiza, Lisboa, Liubliana, Londres, Madrid, Manchester, Milão, Munique, Nápoles, Newcastle, Oslo, Palma de Maiorca, Porto, Praga, Roma, Estocolmo, Varsóvia, Veneza, Viena, Zurique
Próximo e Oriente Médio Bangalore, Beirute, Bombaim, Deli, Dubai, Cairo
África Abidjan (apenas carga), Bamaco (apenas carga), Cotonou, Douala, Yaoundé

+ Conakry e Nouakchott, comercializados apenas para Paris CDG.

+ outros destinos previstos sujeitos à obtenção das autorizações governamentais necessárias.

América do Norte Atlanta, Boston (apenas carga), Chicago, Nova Iorque, Los Angeles, Cidade do México, Montreal
América do Sul Cidade do Panamá (apenas carga), Rio de Janeiro, São Paulo
Ásia Banguecoque (apenas carga), Cidade de Ho Chi Minh (apenas carga), Hong Kong, Osaka, Seul, Xangai (apenas carga), Singapura, Tóquio

 

Programa de voos até 30 de junho de 2020 de/para Lyon-Saint Exupéry

França continental Biarritz, Bordéus, Brest, Caen, Lille, Nantes, Nice, Pau, Rennes, Estrasburgo, Toulouse

 

Este programa de voos está sujeito a alterações e à obtenção das autorizações governamentais necessárias. Os dias de operação e a data de retoma das várias ligações podem ser consultadas em airfrance.pt.

Os detalhes do programa para julho e agosto serão comunicados no início de junho de 2020.

Este programa atualizado de voos implica o cancelamento das reservas para os voos que não vão ser operados. As medidas comerciais disponíveis em airfrance.pt e em todos os pontos de venda permitem aos clientes afetados adiarem ou cancelarem as suas viagens sem custos adicionais.

Antes de qualquer viagem, a Air France incentiva os seus clientes a contactarem as autoridades competentes para conhecer as formalidades de entrada e de estadia nos países de destino e trânsito, sendo provável que estas tenham sido modificadas na sequência da epidemia do COVID-19.

A Air France relembra que o uso de máscara é obrigatório em todos os seus voos e que os controlos de temperatura são agora realizados à partida de cada voo.