Últimas Notícias:

Aeródromo de Coimbra reabriu este sábado


 

O Aeródromo de Bissaya Barreto obteve licença da Autoridade Nacional de Aviação Civil e abriu este sábado sem qualquer tido de limitações.

O certificado foi emitido com a 6 de Dezembro de 2019 e tem validade até 30 de Junho de 2020.

Recorde-se que o Aeródromo Municipal esteve encerrado desde Junho deste ano, por a infraestrutura “não ter condições técnicas”, nomeadamente uma “manga de vento”.

Na altura, a autarquia de Coimbra disse que o encerramento se devia a obras, para operações de desobstrução e de limpeza das faixas de segurança da pista e de requalificação da vedação.

O Aeródromo Municipal Bissaya Barreto ou Aeródromo de Coimbra (ICAO: LPCO; IATA: CBP) ésitua-se junto à cidade de Coimbra. Possui uma pista (16/34) em asfalto, com 920m x 30m e situa-se a uma altitude de 174m (570 pés).

O aeródromo dispõe de segurança no período nocturno, serviço de AFIS (Aerodrome Flight Information Service), do nascer ao pôr do sol, sala de planeamento de voo, iluminação para voos nocturnos, e combustivel AVGAS 100 LL.

O Aeródromo Municipal Bissaya Barreto é gerido pela Câmara Municipal de Coimbra e é sede de diversas entidades como o Aeroclube de Coimbra (ACC), e as I.A.C. – Indústrias Aeronáuticas de Coimbra.

Em Setembro de 2017, Manuel Machado, Presidente da Câmara Municipal de Coimbra afirmou, em campanha para as Autárquicas de 1 de Outubro, que avançará para a construção de um aeroporto internacional em Coimbra, localizado no actual Aeródromo Municipal Bissaya Barreto, de modo a servir a Região Centro do país.