Últimas Notícias:

Acidente com AN-124


Um Volga-Dnjepr Antonov AN-124, com a matrícula RA-82042 que estava a realizar o voo de posicionamento VI-4066 entre Novosibirsk (Rússia) e Viena (Áustria) com 14 pessoas e nenhuma carga a bordo, partiu da pista 25 de Novosibirsk por volta das 12: 08L (05: 08Z) e estava na subida inicial a cerca de 1800 pés MSL quando o sinal do transponder e a comunicação de rádio foram perdidos.

A tripulação iniciou imediatamente os procedimentos de regresso à pista 25 de Novosibirsk, mas ultrapassou o final da pista na aterragem em cerca de 200 metros / 650 pés.

Felizmente não houve feridos. A aeronave sofreu danos substanciais nas asas e no trem de aterragem, motor nº2 (D-18T, lado esquerdo interno) está sem a entrada do motor após uma falha, as lâminas internas da asa esquerda, bem como a fuselagem esquerda foi penetrada por detritos em vários locais perto da raiz da asa.

Testemunhas de solo relataram que os motores 3 e 4 (ambos à direita, D-18T) estavam a deixar um rasto de fumo durante a descolagem (conforme é possível ver no vídeo abaixo), as comunicações com a aeronave foram perdidas, tendo o AN124 conseguido regressado ao aeroporto. colapsado.

Outras testemunhas em solo relataram que uma peça caiu da aeronave e perfurou o telhado de um armazém próximo ao aeroporto.

O Ministério Público dos Transportes da Sibéria Ocidental abriu uma investigação sobre o acidente. De acordo com os dados do Modo-S e ADS-B, a aeronave partiu da pista 25, subiu, começou a virar à direita, atingiu 1825 pés MSL antes que o sinal desaparecesse cerca de 3,5 nm após o final da pista.

As últimas fotos partilhadas mostram a presença de restos de aves no motor 3 e 4, podendo estar na origem do acidente um bird strike: