Últimas Notícias:

A220-300 – O novo Retrojet da Air Canada (com vídeo)


 

A Air Canada anunciou hoje, 18 de fevereiro, nas suas redes sociais o novo membro da sua frota.

Trata-se do Airbus A220-300 com a matrícula C-GNBN que foi pintado com as cores da Trans-Canada Air Lines.

As primeiras imagens foram divulgadas após o fim dos trabalhos de pintura na fábrica da Airbus em Mirabel, no Canadá.

A título de curiosidade, a Trans-Canada Air Lines, também conhecida como TCA, foi uma companhia aérea canadiana que operou como a companhia aérea do país, com a sua sede em Montreal, no Quebec.

A companhia operou entre 1937 e 1965, tendo realizado o seu primeiro voo a 1 de setembro de 1937, entre Vancouver e Seattle.

A companhia teve recentemente na sua história um A319 pintado com as mesmas cores:

Entre 1943 e 1947, a TCA operou o CGTAS – Serviço Aéreo Transatlântico do Governo Canadiano que visava fornecer transporte militar transatlântico de passageiros e serviço de correio. Os voos eram operados com aeronaves Avro Lancastrian.

Em 1945, a TCA incorporou na sua frota 30 unidades de Douglas DC-3, aviões ex-militares, para a realização de voos internos.

Pela frota da TCA passaram Canadair North Stars,  Lockheed Super Constellations, Vickers Viscount e Douglas DC-8.

Em 1964 o Parlamento canadiano aprovou a alteração de nome da Trans-Canada Air Lines para “Air Canada”, denominação já utilizada em francês pela companhia.

Esta alteração oficial efectivou-se a 1 de janeiro de 1965.